26 de mar de 2011

Julgamento Ficha Limpa: STF, Uma Vergonha Nacional/Marinor faz discurso em Plenário

Marinor Brito faz discurso em Plenário sobre julgamento da Ficha Limpa

Emocionada, a senadora Marinor Brito falou agora a pouco, em Plenário no Senado Federal, sobre sua indignação com os rumos do julgamento da lei da Ficha Limpa e recebeu o apoio de companheiros de partido e de vários parlamentares de diversas siglas partidárias.

“O povo brasileiro precisa participar das decisões políticas do nosso país, tomar decisões para enfrentar o que o Congresso Nacional e o Judiciário não conseguiram enfrentar nas últimas décadas: o combate à corrupção, ao uso do poder econômico que tem definido os rumos da política brasileira.

O povo brasileiro juntou energia para mobilizar o país, de ponta a ponta, para trazer ao Congresso a Lei da Ficha Limpa, com o intuito de barrar os corruptos, que historicamente têm deixado o povo no abandono e representado a fome, a miséria, a prostituição infanto-juvenil, respondido pelo trabalho escravo, pela visão de desenvolvimento macroeconômico e deixado o povo do meu estado e do país na mais miserável condição. O estado do Pará tem sido saqueado historicamente por essa elite podre que se utiliza da máquina pública para sua perpetuação.
Queremos um judiciário transparente e veremos, se não agora, varrido da política brasileira, políticos como Jader barbalho e os ‘Roriz e Malufs’ da vida. Vamos construir passo a passo esse sonho, ocupando espaço nas assembléias legislativas, nas associações de moradores e espaços de combate à homofobia e qualquer tipo de discriminação.

Espaços onde o povo consegue ter vez e voz, com muita dificuldade e sacrifício. Quem aqui chegou ao Senado Federal com R$ 53 mil? Se raposas do poder como Jader barbalho não fizessem propaganda dioturnamente, não tivessem essas benesses, será que estariam com algum percentual de voto?

Custe o que custar, querendo ou não a justiça, nossas vozes não se calarão. O povo brasileiro vai continuar tentando varrer os corruptos da política. O voto tão esperado do Brasil de um advogado de carreira, juiz que não foi questionado pela carreira jurídica quando foi indicado para ser ministro do supremo, não conseguiu acompanhar a vontade do povo brasileiro, em nome das famílias como ele mesmo disse”.

2 de mar de 2011

I CONGRESSO LATINO-AMERICANO DE FILOSOFIA DA EDUCAÇÃO


I CONGRESSO LATINOAMERICANO DE FILOSOFIA DA EDUCAÇÃO
Identidade e diferença da Filosofia da Educação na América Latina

Dias 01, 02 e 03/08/2011 - Brasil
Local: Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC Campinas)
Endereço: Rodovia D. Pedro I, km 136 - Parque das Universidades - Campinas - SP

Apresentação
A ALFE – Associação Latinoamericana de Filosofia da Educação e o Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação da PUC Campinas realizam o I Congresso Latinoamericano de Filosofia da Educação, com o tema: “Identidade e diferença da Filosofia da Educação na América Latina”.
Trata-se de encontro inédito e relevante para a área de Educação na América Latina, dado que a investigação de fundamentos da educação, especialmente da filosofia da educação, constitui-se de perspectiva essencial de todos os programas de pós-graduação da América Latina e mais, de todas as perspectivas de pesquisa em educação, na medida em que não é possível propor uma investigação rigorosa sem o cuidado conceitual e a reflexão filosófica decorrente da seleção das fontes de pesquisa. A filosofia da educação é, antes de tudo, campo da filosofia e, neste sentido, a organização deste evento que envolve a América Latina terá como ponto de diálogo as sociedades de filosofia da educação dos diversos países, além da iniciativa individual dos pesquisadores e interessados na temática filosófica da educação.
Há diversas entidades que organizam discussões de filosofia da educação, como por exemplo, a INPE – International Network of Philosophers of Education, a PES – Philosophy of Education Society e o nascimento da ALFE – Associação Latinoamericana de Filosofia da Educação apresenta-se em momento importante de qualificação das pesquisas em educação nos países da América Latina. Mais do que isto, na busca da identidade e na reflexão das diferenças da filosofia da educação é preciso reivindicar o lugar e as tarefas da filosofia da educação como campo rigoroso de investigação em educação.

Informações importantes
Campinas é a segunda maior cidade do Estado de São Paulo e distancia-se da capital (São Paulo) por cerca de 96km. Campinas possui um Aeroporto Internacional (Viracopos) que dispõe de vôos para alguns países, porém, é mais fácil conseguir vôos para Guarulhos, no Aeroporto Internacional de Cumbica, em São Paulo. De São Paulo para Campinas, o transporte terrestre é mais rápido e, neste caso, no Aeroporto Internacional de Cumbica (Guarulhos) procure a Empresa Caprioli. Esta empresa oferece transporte para Campinas no valor de R$ 37,00. Veja os horários: http://www.caprioli.com.br/traslado-cumbica. A taxa de câmbio da moeda brasileira (R$) em relação ao dólar (US$) está em torno de R$ 1,80. Portanto, R$ 10,00 equivale a US$ 5,55 aproximadamente. Para informações turísticas no Brasil, recomendamos o sítio oficial do Ministério do Turismo: http://www.turismo.gov.br/turismo/home.html


Sejam muito bem vindos ao I Congresso Latinoamericano de Filosofia da Educação
e ao Brasil

ALFE - Comitê Organizador Local
Prof. Dr. Samuel Mendonça (PUC Campinas) e Prof. Dr. Silvio Gallo (UNICAMP) e Profa. Dra. Angela Santi (UFRJ)