28 de fev de 2011

BENEDITO NUNES: LUTO OFICIAL NO PARÁ

Da Redação
Agência Pará de Notícias

Paraenses se despediram do filósofo Benedito Nunes, que foi cremado na manhã desta segunda-feira, 28.
O governador Simão Jatene decretou, nesta segunda-feira (28), luto oficial de três dias em sinal de pesar pela morte do escritor e filósofo paraense Benedito Nunes, ocorrida no último domingo (27). O chefe do Executivo Estadual participou, na manhã desta segunda, na Igreja de Santo Alexandre, da missa de corpo presente que reuniu familiares e amigos do mestre, morto após parada cardíaca decorrente de complicações renais.

A celebração na igreja aconteceu ao som da "Sonata ao Luar", de Beethoven. Após a missa, houve a cerimônia do adeus, que foi reservada aos familiares. Ainda na manhã desta segunda-feira, o corpo de Benedito Nunes foi cremado, conforme era seu desejo, em cerimônia em um cemitério particular em Marituba, na Região Metropolitana de Belém (RMB).

Ao saber da notícia da morte de Benedito Nunes, o governador Simão Jatene lembrou a contribuição do escritor para a cultura e pensamento brasileiros. "Em nome de todos os paraenses, agradeço a inestimável contribuição do mestre Benedito José Nunes à cultura do país. A sua dedicação como escritor, crítico de arte, filósofo e professor é irretocável", disse.

"Mais ainda, sua grandeza como paraense se revelou quando recebeu convites irrecusáveis para trabalhar em outros centros, no Brasil e no exterior, mas escolheu o Pará como destino e lugar para viver e construir a sua vasta e admirável trajetória intelectual. O Pará, reconhecido, saberá honrar a sua memória", continuou o governador.

Para o secretário de Estado de Cultura, Paulo Chaves Fernandes, o Pará perde um sábio, um exponencial da cultura. "Uma perda considerável. Estamos tristes, órfãos da luminosidade que ele irradiava, mas que vai continuar por meio de sua extensa obra, que irá servir como exemplo, como modelo, não só na área específica da cultura, como em outras áreas do pensamento", disse o secretário.

FONTE: Portal do Pará

Nenhum comentário: